<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1787088608283188&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Porque Marketing deveria investir mais tempo em Pricing?

Postado por PriceBeam Brasil em 24/09/2018 17:43:04

Composite image of businessman standing on ladder holding binoculars

Mesmo antes de Philip Kotler escrever seu famoso livro sobre os 4P's do Marketing, o preço já era considerado muito importante para os profissionais da área.

O preço determina não só quanto dinheiro se fatura na empresa, mas  também envia sinais aos clientes sobre o valor do produto ou serviço. Estabelece o nível de “premiumness” e qualidade esperada, e  freqüentemente comunica também como o produto deve ser percebido vis-à-vis seus concorrentes. Portanto, o Marketing também deveria estar muito envolvido na precificação.

Pricing é uma disciplina multifacetada e aqui estão exemplos de algumas das áreas  que  deveriam ser  lideradas por Marketing:

  • Pesquisa de preços: Quanto os clientes, ou potenciais clientes, estão dispostos a pagar por um determinado produto ou serviço?
  • Definição de preço dos novos produtos: Como o produto se encaixa com o restante do portfólio existente, qual preço comunica o valor correto e como nos posicionamos contra a concorrência ao lançar o novo produto / serviço?
  • Posicionamento de preços: Qual a posição que queremos tomar  frente à concorrência? Sempre premium, às vezes premium, em paridade, às vezes mais barato, sempre mais barato?
  • Qual é o preço entre distintas variantes de produtos no portfólio? O que determina aos clientes que uma variante será 25% mais cara que outra? E se devesse ser 35% ao invés de 25%?
  • Comunicação de promotores de valor: Qual valor o produto / serviço traz aos nossos clientes? Como comunicamos este valor? Como o aprimoramos, para que possamos capturar uma maior fatia deste valor gerado através de nossos preços? Como se pode concluir, muitos tópicos são altamente relevantes para as equipes de marketing quando se trata de precificação.

Portanto, o marketing deve "ser o dono" da política de preços de sua organização ou pelo menos estar fortemente envolvido no processo de precificação de A a Z.

Tópicos: Marketing, Preços

Escrito por PriceBeam Brasil

Sobre este blog

Visitantes deste blog encontrarão uma grande variedade de artigos sobe pesquisas e otimização de preços, e análises de disposição a pagar. A PriceBeam oferece pesquisas de preços rápidas e “custo-efetivas” com metodologia científica comprovada.

Artigos Recentes

Inscreva-se para receber nossos e-mails.